Pular para o conteúdo principal

Tarzan por Oswaldo Storni

Tarzan é o personagem de uma série de literária criado por Edgar Rice Burroughs em 1912 para publicar em revistas pulp, em 1928 estreou em quadrinhos na revista inglesa Tits-Bits, ilustrado por Hal Foster, no ano seguinte estreou nos Estados Unidos junto outro personagem oriundo dos pulps, no Brasil, suas tiras estrearam em 1935 nas páginas do Suplemento Juvenil de Adolfo Aizen, entre 1933 e 1948, teve uma coleção publicada na coleção Terramarear da Companhia Editora Nacional.

Pranchas publicadas na edição 1668 da revista O Tico-Tico (setembro de 1937) da editora O Malho, a primeira está creditada a Oswaldo Storni,  uma adaptação de um conto de Jungle Tales of Tarzan: Tarzan and the Black Boy e a outra, da origem, levemente alterada.
Oswaldo era filho do também quadrinista Alfredo Storni e ao lado de Carlos Arthur Thiré foi um dos responsáveis por introduzir o gênero de aventura na revista, influenciados pelas tiras americanas. A revista publicava anúncios da coleção Terramarear.

Storni também ilustrou um conto de Mowgli de Rudyard Kipling publicado em O Tico-Tico 1874.


 Fonte: Pernambuco,o marujo Um personagem para não ser esquecido - Athos Eichler Cardoso











Anúncio da coleção da Terramarear, O Tico-Tico 1446, junho de 1933

Agradecimentos a Toni Rodrigues da Memo Magazine

Ver também


Saturnin Farandoul, um antecessor de Tarzan


Links

Pesquisar quadrinhos: uma tarefa ingrata e desanimadora

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cavaleiro da Lua em mangá

Uma postagem do quadrinista Jean Sinclair, colunista do site Multiversos Nerd, no Facebook mostrou mais uma tentativa da Marvel no Japão.

Como se sabe, em 1978, a Marvel licenciou o Homem-Aranha para uma série de televisão live-action ou tokusatsu como também são conhecidas essas produções no Japão, conforme comentei em outra postagem, essa série gerou mangás nas revistas TV Land , Tanoshī Yochien, TV Magazine (da editora Kodansha) e Bōken'ō (da editora Akita Shoten). Contudo, a Marvel tinha planos de licenciar mais personagens para a editora como Homem 3-D, Surfista Prateado e Cavaleiro da Lua, um concept art produzido por Ryu Nigouchi (famoso designer da Toei Company, além de trabalhos com Shotaro Ishinomori e Go Nagai) apresentou o visual do Cavaleiro da Lua, essa versão do herói foi comparado com outro herói japonês, o Gekko Kamen (algo como Máscara da Lua), surgido numa série de TV em 1958 e foi adaptado para os mangá por Jiro Kuwata, o cocriador de Oitavo Homem e também res…

O mangá da série Fundação de Isaac Asimov

Isaac Asimov (1919-1992)  foi um dos escritores de ficção científica mais prolíficos de todos os tempos, formado em bioquímica, também foi um conhecido divulgador científico.

Em 1939, começou a publicar em revistas pulps, histórias de robôs, que logo se tornariam conhecidas por causa das Três Leis da Robótica, criadas por ele e o editor John W. Campbell, em 1942,  iniciou uma nova série chamada Foundation (Fundação em português), inspirado no livro The History of the Decline and Fall of the Roman Empire (A História do Declínio e Queda do Império Romano) de Edward Gibbon.

Inicialmente, a série eram apenas oito contos publicados entre 1942 e 1950 na revista Astounding Magazine (antes chamada de Astounding Magazine e atualmente conhecida como Analog Science Fiction and Fact), na série, o matemático Hari Seldon cria a psico-história, um misto de matemática, sociologia e história para fazer previsões futuras.



Em 1950, Asimov publica seu primeiro romance completo, Pebble in the Sky (No Bras…

Os quadrinhos de Caverna do Dragão

Em 1983, a Marvel Productions lançou uma adaptação animada do primeiro RPG de mesa da história, Dungeons and Dragons. A empresa foi formada em 1981, após a Cadence Industries Corporation (dona da Marvel na época), comprar o estúdio DePatie-Freeleng.

A série foi criada após a CBS recusar o projeto Sword and Sworcery da própria Marvel Productions, a solução foi conseguir uma licença com a TSR Inc, a editora ainda lançaria adaptações de Conan, tanto em adaptações para D&D (1984), quanto em um sistema próprio (1985), na época, licenciado pela Marvel e Marvel Super Heroes RPG (1984), que usava um sistema próprio chamado FASERIP system.

A série teve 27 episódios distribuídos em 3 temporadas.

Nos Estados Unidos, a série gerou diversos produtos licenciados, exceto revistas em quadrinhos, embora em 1981, a própria Marvel havia publicado anúncios do RPG Dungeons and Dragons em forma de páginas de quadrinhos (assim como ocorreu com G.I. Joe, que anos depois, ganharia uma revista pela própri…